Cicatrizes Emocionais, como curá-las? Saiba tudo

como-curar-cicatrizes-emocionaisA vida é uma longa jornada com um caminho cheio de prazeres, dores e desafios. Todas as pessoas acabam por algum momento se ferindo, fracassando ou sofrendo alguma perda, todas estas situações nos trazem cicatrizes emocionais. Então é preciso saber como curá-las.

Um claro exemplo de como as cicatrizes emocionais se manifestam e trazem apenas consequências negativas quando não são tratadas estão nos comentários autodepreciativos e pessimistas que fazemos. É comum ouvirmos frases como: “Eu não consigo”, “Sou um completo fracassado”, “Acho que nunca mais conseguirei amar” ou “Sempre estrago tudo”.

Estes pensamentos são consequência direta do uso da mente reativa. Esta é a parte inconsciente da mente, que trabalha apenas por estímulos-respostas sem passar por nenhuma análise dos fatos. Mesmo quando não estamos conscientes, seja por efeito de drogas ou medicamento, ou até mesmo inconsciente por conta de alguma doença ou acidente como o coma, a mente reativa registra tudo que é dito e percebe à nossa volta, sem nenhuma avaliação.

Com a falta de análise destas informações armazenadas, cada vez que algo semelhante acontece ao nosso redor, toda a dor causada em determinado acontecimento é reativada, formando cicatrizes emocionais.

Por isso temos uma tendência muito grande a evitar situações semelhantes àquelas que nos trouxeram mal, uma pessoa que passou por grande decepção amorosa fica receosa a conhecer outras pessoas, uma criança que caiu e se machucou durante uma brincadeira cria um medo de brincar novamente.

Mas, afinal? Como Podemos curar as tais cicatrizes emocionais?

O primeiro passo é trabalhar a mente analítica, esta que consiste na parte consciente de nossa mente, que ao contrário da reativa, faz uma análise para atuar em qualquer situação. Através da mente analítica, podemos desmembrar cada momento e analisarmos os motivos de tal ocorrido, entendendo como um caso específico e não como um padrão.

Assim, conseguimos entender que uma decepção amorosa não é motivo para desistir do amor, que podemos encontrar pessoas que nos façam bem. A criança machucada entenderá que não é porque ela sofreu um ferimento uma vez que sofrerá sempre que fizer aquela brincadeira. As combinações são infinitas e cada uma uma nova compreensão de uma área da vida.

O propósito da Dianética é curar as cicatrizes emocionais, elevando o nível de consciência (o que também reforça a mente analítica). Neste processo é possível acessar todas as memórias ruins e sofridas vividas por uma pessoa, fazendo que seja possível apagá-las ou anulá-las.

Assim, as feridas se fecham definitivamente e os medos são eliminados e todo esse processo devolve a pessoa a vitalidade e a jovialidade, trazendo cada vez mais qualidade de vida.

Quer curar suas cicatrizes emocionais também? Acesse www.dianeticabrasil.com.br e confira!

Uma resposta para: “Cicatrizes Emocionais, como curá-las? Saiba tudo

  1. Danilo Coelho disse:

    Olá, sou hipocondríaco e sofro muito com isso, pois qualquer alteração ou experiência relacionada a saúde entro em um pânico que me derruba e me faz viver com medo, não sei se isso está enraizado em meus Gênesis ou se foi algo que vivi, ou até mesmo algo que ganhei como experiência pré-natal. Sei que não é possível acessar a área básica básica sem entrar em reverie por um auditor, mas quero muito me livrar de alguns bloqueios engramicos …Enfim, estou interessado em me tratar e se possível fazer parte da Dianética como auditor e contribuinte para um bem que ao meu ver é muito importante e poderoso, que é a ciência da mente! Gratidão

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *